24 setembro 2020

Sou incomum

Sou incomum, sou errante, sou poeta.
Regras não me regram, erro e sem culpa, vivo o óbvio e o incerto.

 Momentos alimentam minha poesia, saboreio tudo com muito gosto e guardo aqui dentro pura intensidade.


Soninha Porto 


 

0 comentários:

Postar um comentário

POEMEM-SE SEMPRE!
SEJAM BEM-VINDOS!

Fale Conosco!

Nome

E-mail *

Mensagem *

 
Design by Free WordPress Themes | Bloggerized by Lasantha - Premium Blogger Themes | Macys Printable Coupons