07 outubro 2014

Solidão ... ( 18 )


Solidão... ( 18 )

E essa solidão sem pressa
Alojada em mim
Como uma visita pra sempre
Toma conta do meu eu,
E sem pressa fica
sem escapar um minuto
Deixa seu nome tatuado
Na minha memória
E assim você fica,
É assim que fica
Sem reparar em mim
Mas fica!

DúKarmona®

0 comentários:

Postar um comentário

POEMEM-SE SEMPRE!
SEJAM BEM-VINDOS!

Fale Conosco!

Nome

E-mail *

Mensagem *

 
Design by Free WordPress Themes | Bloggerized by Lasantha - Premium Blogger Themes | Macys Printable Coupons