08 outubro 2014

Razões

RAZÕES


Dissipa-se o tempo
feito poeira na estrada
e as palavras espalham saudades
muito além dos versos...
Sim, o tempo não para!
Vou compondo outro poema
no intervalo silencioso
dos meus espaços vazios.
na minha solidão...
E a lembrança do abraço
nos momentos que o perdão
calava qualquer ilusão.
Sendo forte por si mesmo
indiferente às certezas das razões.


Reggina Moon

2 comentários:

SIGRID SPOLZINO disse...

Os leitores agradecem à solidão que fez brotar lindos versos...
Bjss no coração

Reggina Moon disse...

Muito grata Sigrid!
Um beijo e ótimo dia!

Postar um comentário

POEMEM-SE SEMPRE!
SEJAM BEM-VINDOS!

Fale Conosco!

Nome

E-mail *

Mensagem *

 
Design by Free WordPress Themes | Bloggerized by Lasantha - Premium Blogger Themes | Macys Printable Coupons