28 março 2014

OUTONOS


Ternas manhãs outonais
quando as folhas caem
amarelando os versos
que ficaram no passado
e dias que de tão belos
ficam tristes...
E vou seguir a viagem
de braços dados
__ eu e a saudade
com poemas e sorrisos
que nos enfeitavam
de sol, flores e luares...
Para onde prosseguir?
Um tanto carente
um pouco descontente
é a nova estação
que vai pedindo passagem
instalando-se meio sem jeito
Sim, já é Outono!
aqui dentro de mim...


(Reggina Moon)

1 comentários:

Clau Assi disse...

Lindo!!!!!

Postar um comentário

POEMEM-SE SEMPRE!
SEJAM BEM-VINDOS!

Fale Conosco!

Nome

E-mail *

Mensagem *

 
Design by Free WordPress Themes | Bloggerized by Lasantha - Premium Blogger Themes | Macys Printable Coupons