02 dezembro 2013

Bah... Linda, minha Porto Alegre!


- Damáris Lopes -

Nada mais sugestivo. Acabo de voltar da 59. Feira do Livro em Porto Alegre e, no aeroporto, entre a espera da aeronave e a melhora da chuvinha noturna, eu pensava na importância de nós brasileiros conhecermos nossas principais capitais. Cada idade tem sua beleza, assim como cada cidade, com seus traços peculiares da sua idade e cultura, tem seus encantos.

Já conhecia Porto Alegre, mas é bom demais a gente redescobrir a paixão. Novembro privilegia a cidade, pois o evento do livro acende o vai e vem de gaúchos ávidos pelas letras. Até o sol parece se orgulhar de tanta cultura e resolve aparecer ainda mais forte. Então, Porto Alegre fica ainda melhor sob os efeitos de eventos culturais.

Engana-se quem pensa que Porto Alegre é só passagem para a concorrida região serrana, que abrange entre outras cidades, as famosas  Bento Gonçalves, Gramado e Canela. É ponto de parada sim, ou ponto de uma esticadinha quando você vai a trabalho.

O Guaíba, seja lá rio ou lago, como agora é conhecido, enfeita a cidade e proporciona um delicioso passeio de catamarã, bem apresentado, e assim, mostra a capital gaúcha por outro ângulo.

O centro antigo cultural oferece muitas opções de passeios como o memorial Rio Grande do Sul, a Casa de Cultura Mario Quintana, o Theatro São Pedro, mais de 50 museus e 30 teatros, o Mercado Municipal para se refrescar comendo uma deliciosa salada de frutas   ou simplesmente as calçadas do bares para um choppinho gelado enquanto se descansa até a próxima caminhada.

O Bairro dos Moinhos, charmoso e localizado na região central, oferece badalação e conforto, com hotéis, parques, restaurantes, cafés, e boas lojas. Vida noturna também não falta. Sobre a farta culinária e o apetitoso churrasco, nem preciso falar.

Um dica legal para se ter idéia absoluta da cidade é antes de andar sózinho por ali, pegar o ônibus de turismo para um city-tour muito completo e fazer os dois roteiros oferecidos, um para zona cultural com destaque para o requisitado Parque da Redenção e o outro para a zona sul que mostra as paisagens naturais da cidade e caminhos rurais.  Num ônibus de 4 metros de altura com o segundo andar aberto, você desfruta da cidade por um prisma diferente . Imperdível!

Nem só de mares as belas cidades brasileiras são banhadas, Porto Alegre por exemplo, é adornada pelo Lago Guaíba, mas a sua praia realmente é a cultura e a arte.

Bem humorada e com simpática recepção, a cidade  dos gaúchos faz-nos sentir bem acolhidos e o mais gostoso de tudo é lembrar o sotaque deliciosamente cantado, de um povo que tem orgulho do seu gauches.


Na volta, dentro do avião, consegui me esquecer da chuva que ofereceria turbulências, mas na mente, com um sorriso, a voz de uma gaúcha que apesar de seus olhos conhecerem tantas outras cidades, ela ainda confessa:  “Bah... como é linda minha Porto Alegre!”

2 comentários:

soninha porto disse...

Concordo plenamente com você Damáris! Essa cidade é a minha Porto Alegre e dela carrego até um pedaço do nome. Obrigada linda pela excelente crônica. Bjs.

Reggina Moon disse...

Não conheço ainda Porto Alegre, mas sei que é belíssima!Um dia eu irei...ótimo texto e dicas!! Parabéns!

Postar um comentário

POEMEM-SE SEMPRE!
SEJAM BEM-VINDOS!

Fale Conosco!

Nome

E-mail *

Mensagem *

 
Design by Free WordPress Themes | Bloggerized by Lasantha - Premium Blogger Themes | Macys Printable Coupons