19 outubro 2012

AVISO


AVISO 

Algumas vezes
Não é preciso
De casa sair para
Cruzar com um canalha 

Às vezes ele veste-se de homem
Noutras é uma mulher ou um bicho
Até o vento ou a chuva fina
Podem nossa vida barbarizar... 

Fico quieto no meu canto
Mesmo assim os canalhas chegam
Querendo minha vida atormentar 

Algumas vezes isto quebra a rotina
Noutras até dá prazer
Mas cuidado com os canalhas
Eles podem destruir você... 

Mário Feijó
19.10.12

0 comentários:

Postar um comentário

POEMEM-SE SEMPRE!
SEJAM BEM-VINDOS!

Fale Conosco!

Nome

E-mail *

Mensagem *

 
Design by Free WordPress Themes | Bloggerized by Lasantha - Premium Blogger Themes | Macys Printable Coupons