24 maio 2012

ENCANTO


ENCANTO 

Não deveria ser assim
Eu não poderia encantar-me
Nem queria me apaixonar
Mas quando te vi minha resistência se quebrou 

O que parecia
Jogo de gato e rato
Acabou sendo
Um maravilhoso jogo de amor 

É olho no olho
Pele na pele
Lábios nos lábios
Jogo sensual sexo entornou 

E lá fora apenas chove
Outras vezes a lua se abre totalmente
As estrelas se espalham pelos campos
E nós dois nos transformamos em cachoeiras... 

Mário Feijó
24.05.12

0 comentários:

Postar um comentário

POEMEM-SE SEMPRE!
SEJAM BEM-VINDOS!

Fale Conosco!

Nome

E-mail *

Mensagem *

 
Design by Free WordPress Themes | Bloggerized by Lasantha - Premium Blogger Themes | Macys Printable Coupons