26 março 2012

ALMA TRANSGRESSORA




Eu penso que minh’alma

É assim meio transgressora

Quando não sente culpas

Quando não acredita em pecados



Ela é capaz de qualquer coisa

Quando o assunto é amor

Não sofre culpas

Apenas respeita os outros



E quando minh’alma ama

Vive um amor sem limites

Incondicional e se entrega



Minh’alma transgressora

É feito a duna no deserto

Que todo dia muda de lugar...



Mário Feijó

26.03.12

0 comentários:

Postar um comentário

POEMEM-SE SEMPRE!
SEJAM BEM-VINDOS!

Fale Conosco!

Nome

E-mail *

Mensagem *

 
Design by Free WordPress Themes | Bloggerized by Lasantha - Premium Blogger Themes | Macys Printable Coupons