17 abril 2011

MARCOS ASSUMPÇÃO EM PORTO ALEGRE



Marcos Assumpção apresenta Sala de estar no dia 30 de abril, às 19h30min


O pocket show marca o lançamento do CD e DVD em Porto Alegre e vai rolar no auditório da Livraria Cultura

O cantor e compositor carioca Marcos Assumpção virá a Porto Alegre em abril para lançar seu mais novo CD e DVD Sala de Estar na Livraria Cultura, num pocket show de voz e violão. O lançamento será dia 30, às 19h30min. O artista vem desenhando sua carreira de sucessos desde 1995, quando conheceu o músico e pesquisador Ricardo Cravo Albim. De lá pra cá foram inúmeros discos lançados e participações luxuosas em projetos como o “Balaio do Sampaio“, em homenagem ao cantor e compositor Sergio Sampaio, no Teatro Rival - RJ, ao lado de nomes como Luiz Melodia, Lenine, Zé Renato, Jards Macalé, Renato Piau, Zeca Baleiro, Paulinho Moska, entre outros, com produção de Sérgio Natureza.

Em 1999 o artista teve seu talento reconhecido ao participar ao participar ao lado de Raimundo Fagner do projeto “Novo Canto”, da Rádio JBFM do Rio de Janeiro. O show foi recorde de bilheteria. Convidados, repetiram o espetáculo em São Paulo, no SESC Ipiranga. Nesse mesmo ano lançou seu primeiro álbum. Dez anos depois, já com outros discos lançados e muitos shows de sucesso, lançou um disco baseado nos poemas da poetiza portuguesa Florbela Espanca, um primoroso trabalho com instrumentos eruditos, barrocos e renascentistas, como viola de gambá, oboé, fagote e harpa. Em 2010, compôs a trilha sonora do musical infantil A princesa e a ervilha, da companhia teatral COOF , do RJ. Simultaneamente, lançou seu primeiro Cd e Dvd ao vivo – Sala de Estar.

Em Porto Alegre Marcos Assumpção apresenta-se sozinho, acompanhado de seu inseparável violão de 12 cordas e teclado. O espetáculo Sala de Estar tem entrada franca.

Sobre o disco:

Por Beto Feitosa

Cantor e compositor que deu seus primeiros passos em serestas e reuniões informais, Marcos Assumpção retoma o clima intimista em seu primeiro DVD e CD ao vivo, Sala de estar (MA Records/Tratore). O conceito é da simplicidade: Marcos reuniu família e amigos no estúdio de gravação do lendário estúdio Verde, aos pés do Cristo Redentor, e fez desse espaço a sala de estar que batiza o projeto. Reuniu um timaço de músicos, selecionou um repertório que refaz sua história e gravou tudo, do início ao fim como em um show ao vivo.

As músicas escolhidas escrevem a biografia artística de Marcos. Das rodas de violão da infância ao lado do pai seresteiro trouxe uma emocionadissima Mucuripe, aqui em versão voz e piano. Da descoberta pop da juventude, escolheu Dia branco de Geraldo Azevedo. Chegando a lembrar seu primeiro CD retoma o presente que ganhou de Zélia Duncan e Lucina, Olhos de marte. Da vida na estrada lembra Talismã sem par, inédita de Jorge Vercilo que lançou em 2004. Até a literatura entra na história, quando mostra Se tu viesses ver-me, poema de Florbela Espanca que musicou em seu mais recente trabalho. Dois compositores aparecem com destaque especial. Fagner, que dividiu shows com Marcos no projeto Novo Canto em 1999, e Chico Buarque, desde sempre um dos mais constantes na trajetória de Marcos, é lembrado em Fado Tropical e Deus lhe pague, além de uma arrebatadora versão para Roda Viva.

Na estrada de Marcos também entra seu lado compositor, apresentando as inéditas Colo e Jardins de Cor, e retomando suas Casa vazia, A Porta, Livre pra Você , Castiçais e A trilha. O clima descontraído segue também pela banda de amigos que acompanham Marcos na estrada: Daniel Santana (violão de aço, nylon, dobro, violão 12 e bandolim ), Francisco Falcon (baixo vertical , baixolão), Alexandre Mangion ( violão de aço, nylon, viola caipira), Leandro Maia (percussão e Bateria), Carlos Poubel (percussão). Em participação especialíssima, o elegante piano de Marcio Costa se junta ao grupo. Os sopros de Rogério Mesquita também fazem parte da turma. Olhando para o passado Marcos Assumpção estreia nova fase de sua carreira. A partir desse álbum, o cantor assume praticamente sozinho a produção de seus trabalhos. Pretende, assim, manter o bom clima dos shows que apresenta pelo interior do país. Sozinho com seu violão ou em formações pocket Marcos viaja por cidades do interior atrás de sua música. Afinal, Milton Nascimento já escreveu que um artista deve ir onde o povo está. E essa Sala de Estar está pronta para continuar viajando e acontecendo por aí. Sempre que a música o convida, ele entra com seu violão e faz acontecer o show.

Mais informações sobre o artista:

Sala de estar – lançamento do Cd e DVD de Marcos Assumpção
Dia 30 de abril, às 19h30min
Auditório da Livraria Cultura – Bourbon Shopping Country – Porto Alegre
Entrada Franca

Informações para a imprensa:
BD Divulgação - Bebê Baumgarten/ Kellen Hoehr e Gabriela Almeida
(51) 3028.4201 e 8111.8703

1 comentários:

Ana Carol disse...

bela foto!

Postar um comentário

POEMEM-SE SEMPRE!
SEJAM BEM-VINDOS!

Fale Conosco!

Nome

E-mail *

Mensagem *

 
Design by Free WordPress Themes | Bloggerized by Lasantha - Premium Blogger Themes | Macys Printable Coupons