11 março 2011

Desatando nós com um olhar curioso!


Dioramas de Kim Keever: Parecem pinturas 
KIM KEEVER's-escala de grandes fotografias são meticulosamente criado por construir topografias em miniatura em um tanque de 200 litros





Amanheci bem cedo de um amanhã comum
por um ontem recente pelas reticências
lembrei do que ficou no caminho parado
contando em segredo sobre as mentiras da vida
assim naturalmente na dança lenta do sol
envolvente que modifica a visão tão traduzível 
almas das plantas
emprestam as cores,
 corpo pela viajem que flui em braços
abertos para a sensação de liberdade
pura verdade irrigando o púrpuro sangue,
ah essas palmeiras um lado fazem acenos
e do outro ramo ficam a contemplar
impercebível comunga e  quer intuir novas existências
que passam pelos vãos do vento sem descobrir novos mundos em nós
que muito tem a nos dizer enquanto a luz esvai
bronzeando as idades até virarem em dourado meigo,
esperando qual geração será escolhida 
e herdará a sabedoria que sempre esta além e escorre pela mente
como água em mãos postas mas úmidas ficam.
Criança dando seus primeiros passos de braços pelo ar se equilibra
sabe de tudo, pois é recente viajante 
primeiro desaprende apanhando na palavra não,
não, não, não, não.
Fica obediente e a chuva cai
na fantasia real que se usa uma só vez
palmeiras, palmeiras para quem vocês acenam?
do invisível viemos para ele retornarmos
lenço acenando imponente.

Aharon


Kim Keever

0 comentários:

Postar um comentário

POEMEM-SE SEMPRE!
SEJAM BEM-VINDOS!

Fale Conosco!

Nome

E-mail *

Mensagem *

 
Design by Free WordPress Themes | Bloggerized by Lasantha - Premium Blogger Themes | Macys Printable Coupons