24 fevereiro 2011

POÇO DOS DESEJOS


Esta vida me fez
Um poço de desejos
Alguns espúrios, outros
Mundanos desejos de amor...

Desejos irrealizados
Ora puros, outrora sonhados
Desejos por ti e tu o que fazes?
Senão dizer-me adeus...

Mergulho mais fundo
Numa gruta abissal
Sem açúcar nem sal
Eu morro de amor
Mergulhado em um poço de desejos...

Mário Feijó
24.02.11

0 comentários:

Postar um comentário

POEMEM-SE SEMPRE!
SEJAM BEM-VINDOS!

Fale Conosco!

Nome

E-mail *

Mensagem *

 
Design by Free WordPress Themes | Bloggerized by Lasantha - Premium Blogger Themes | Macys Printable Coupons