25 novembro 2010

‘DIAVOLO’



Anjos insubordinados
Nem sempre são cruéis
Abomináveis ou imperdoáveis

Alguns perdoamos todos os dias
Outros nos fazem mal sempre
Alguns nem têm a intenção de errar
Perdoo-os sempre...

Se eu perdoo meus anjos
Quando estes erram
Por que não perdoarei
“Diavolos” inconsequentes?

E você que finge me amar
Suga tudo de bom que eu tenho
Usa teu corpo para me chantagear
Por que não vou perdoar teus erros?

Mário Feijó
25.11.10

0 comentários:

Postar um comentário

POEMEM-SE SEMPRE!
SEJAM BEM-VINDOS!

Fale Conosco!

Nome

E-mail *

Mensagem *

 
Design by Free WordPress Themes | Bloggerized by Lasantha - Premium Blogger Themes | Macys Printable Coupons