28 setembro 2010


OVERDOSE

-Sou super dependente...
Cigarro, álcool, crack, cocaína,
Tranqüilizantes, ecstasy, e anfetamina,
As drogas ora me causam depressão,
Ora me estimulam e perturbam
Me deixam muito louco... lá pra cima,
Ou num down inesperado, me derrubam.

-Abuso de medicamentos...
Sou desregrado... difícil mesmo controlar
Entro em arritmia... não posso respirar...
Sinto dores no peito, me falta o ar, vomito...
Por vezes chega a lucidez e eu digo: vou parar...
Mas a mudança nos níveis de minha consciência,
Me tornam dependente, e eu volto a me drogar.

-Preciso de doses excessivas...
Meu corpo está exausto... não pode metabolizar
E o acúmulo de drogas me alucina, me faz delirar!
Conheci o haxixe, a cola de sapateiro, o LSD
Heroína e todo o tipo de drogas injetáveis.
A seringa, companheira diária, inseparável,
Me leva a viajar por universos inimagináveis.

-De drogas eu entendo bem...
O ópio, extraído da papoula, me causa depressão,
A morfina ao final, faz disparar meu coração.
Pra quê, grupos de apoio e longos tratamentos?
Eu venci o vício incontrolável, para nunca mais...
Finalmente me libertei... e numa dessas overdoses,
Deixei para sempre o mundo dos mortais.


Mírian Warttusch

.

0 comentários:

Postar um comentário

POEMEM-SE SEMPRE!
SEJAM BEM-VINDOS!

Fale Conosco!

Nome

E-mail *

Mensagem *

 
Design by Free WordPress Themes | Bloggerized by Lasantha - Premium Blogger Themes | Macys Printable Coupons