28 setembro 2010



AMO UM PORCO ESPINHO!

Impossível é este amor
Que encontrei no meu caminho
A pobre anta que sou,
Adorando um porco-espinho!

Eta ouriço ouriçado
Apaixonado por mim,
Flecha mais do que cupido
Se tenta chegar em mim.

Ai, ai, ai, vê se me deixa,
Paixão também tem limite.
Vou ficar toda espetada,
Amar você é burrice.

Eu só queria saber
Como é que a fêmea do ouriço
Consegue transar legal...
Eu vou mesmo é dar sumiço...

Eu fiquei muito ouriçada
Espetadinha de amor
Cada abraço era um gemido
Ai, ai, ai, ai, ai, que dor!

Sumi, fugi desse ouriço,
Só burro é que vai achar
Que o ouriço numa transa
Vai amar sem machucar.

Anta, burra e apaixonada
Pelo ouriço espetador,
Vou é ficar na saudade...
Nada, nadica de amor...

Anta boa, que se preza,
Tem que amar anta também.
Ouriço? Deixa pra lá!
Cada espeto que ele tem...

Mírian Warttusch

.

0 comentários:

Postar um comentário

POEMEM-SE SEMPRE!
SEJAM BEM-VINDOS!

Fale Conosco!

Nome

E-mail *

Mensagem *

 
Design by Free WordPress Themes | Bloggerized by Lasantha - Premium Blogger Themes | Macys Printable Coupons