19 agosto 2010

VIVER O AMOR




Tenho me perguntado isto
Já faz algum tempo
Quanto tempo viverei?
Será que deixei alguma marca?

O mais importante de tudo
Não é somente “quanto tempo viverei”?
Mas se realmente fui feliz algum dia
Ou minha vida foi somente de expiações...

Sei que meu peito dói
Pelo desamor de alguns...
Eu sempre quis tão pouco
E concluo que mesmo assim não tenho nada...

Tudo o que construí
Foi pensando que seria eterno...
Amei demais! Dei-me demais!
Seres humanos acham o amor muito pouco
E sempre querem mais... e mais...

Mário Feijó
19.08.10

0 comentários:

Postar um comentário

POEMEM-SE SEMPRE!
SEJAM BEM-VINDOS!

Fale Conosco!

Nome

E-mail *

Mensagem *

 
Design by Free WordPress Themes | Bloggerized by Lasantha - Premium Blogger Themes | Macys Printable Coupons