24 março 2010

HÁ EM MIM UM VAZIO CHEIO DE VOCÊ

Há em mim um vazio
Que só se explica
Pela tua falta
Pela tua ausência

E dentro deste vazio
Há um monte de saudades tuas
De lembranças tuas
Que me deixam sofrido...

A tua falta
É o mesmo que a escuridão
Onde eu fico perdido
E nem sei aonde piso...

Não me deixe assim tão vazio
Encha-me com a tua presença
Traga teu sorriso porque só ele
É capaz de iluminar os meus dias e noites...

Mário Feijó
24.03.10

1 comentários:

MARIA COSTA disse...

Oii
O poema bem paradoxal ne, a um vazio cheio de voce.Bem profundo, gostei.
Bjs

Postar um comentário

POEMEM-SE SEMPRE!
SEJAM BEM-VINDOS!

Fale Conosco!

Nome

E-mail *

Mensagem *

 
Design by Free WordPress Themes | Bloggerized by Lasantha - Premium Blogger Themes | Macys Printable Coupons