23 março 2010

AH SE SOUBESSES!

Se tu soubesses
De tudo o que eu sou capaz
Pelo teu amor

Tu te entregarias
Sem nenhuma restrição
Não farias imposições
Para me dar o teu amor...

Tu te entregarias
Ao romper do sol
Quando a luz brilhasse
Ou até mesmo quando estivesse frio

E saberias que comigo
A tua felicidade seria completa
No entanto eu penso que tens medo
E não sabes o amor que agora perdes...

Mário Feijó
23.03.10

1 comentários:

Carmen Regina Dias disse...

Muito lindo poema, lembrou-me a delicadeza de Helena Kolody, que sempre me emociona com seus poemas.
Parabéns!

Postar um comentário

POEMEM-SE SEMPRE!
SEJAM BEM-VINDOS!

Fale Conosco!

Nome

E-mail *

Mensagem *

 
Design by Free WordPress Themes | Bloggerized by Lasantha - Premium Blogger Themes | Macys Printable Coupons