27 dezembro 2009

Natal




No dia de Natal espero a essencia de um beijo,
nesses breves lábios carmim.
Não sei onde o mar nos uniu nas rochas da nossa infancia,
no sal que em nossos corpos resequio o sentimento breve
em que nos unia e separava.
Que metafisica fizemos naquele presépio de Verão
em que nossas mãos se perdiam na seda aspera daqueles corpos
estendidos sob o sol que nos acalentava a alma,
Que nos aquecia a razão!

0 comentários:

Postar um comentário

POEMEM-SE SEMPRE!
SEJAM BEM-VINDOS!

Fale Conosco!

Nome

E-mail *

Mensagem *

 
Design by Free WordPress Themes | Bloggerized by Lasantha - Premium Blogger Themes | Macys Printable Coupons