02 outubro 2016

Poemas à Flor da Pele chega aos seus 10 anos.



Dizer que foi uma tarefa fácil conduzir um grupo com tantas diversidades seria mentir, mas, Soninha Porto o fez com grande maestria, com muita classe, jogo de cintura e principalmente muito amor.
Para comemorarmos em grande estilo este momento não bastava apenas uma linda festa, era preciso mais, era preciso algo que marcasse e nada melhor do que poesia para deixar o ar impregnado de “Poemas à Flor da Pele” e entra em cena então nosso concurso de poesias. Concurso este que deu grande trabalho aos seus jurados, as obras são de alto nível o que gerou dúvidas em suas escolhas, foi preciso mais dois jurados para que os desempates acontecessem.
A premiação é mera formalidade de incentivo a quem participou, ganhamos nós a cada concurso, antologia, saraus ou eventos realizados.
Viver, divulgar, incentivar cultura é algo grandioso embora saibamos que, por mais esforço que se faça não atingimos o patamar desejado. Estamos engajados em uma luta, semeando para que o futuro seja próspero e rico culturalmente. Poemas à Flor da Pele fez e continuará fazendo sua parte.

Foram nossas juradas no Concurso Dez Anos Poemas à Flor da Pele:

Ana Mello, escritora, coordenadora do Sarau Palavra Falada, do MARGS - Porto Alegre/RS,
Cristina Macedo, Professora, escritora, poeta e Coordenadora do Sarau da Zona Sul, Porto Alegre/RS,
Dyandreia Portugal, jornalista, escritora e Coordenadora do Grupo Rede Sem Fronteiras/RJ,
Maria Goreti Rocha, professora, escritora e poeta - Vila Velha/ES,
NIna Antonioli, professora, formada em Letras - Porto Alegre/RS
Zaira Cantarelli - escritora, poeta, Coordenadora do grupo Vivapalavra/RS, 

Resultado final do concurso:

1º Álvaro Luiz Cardoso – Outras Madalenas 

Outras Madalenas

Outras Madalenas virão
Arrependidas ou não
Outras Helenas, Ivetes e Marias
Passarão por estas ruas devassas
E serão bebidas nas taças
E serão comidas nas praças
Com sofreguidão.
Outras Madalenas virão
Com suas costas largas
Propícias às descargas da raça.
Enquanto houver desejo, cachaça e grana
Nunca será de graça
Alguém será sacana.
A lascívia exposta como uma fratura
Sorvendo a dor do mundo pela rachadura
Vítima do escárnio da estrutura corrosiva
Do jugo monetário e sua Fúria
Do vício e do asco da Luxúria.
Então, quem atira a primeira pedra?
Então, quem dispõe de uma moeda?
Então, quem vai se coroar “O Impoluto”
Com o estatuto da moral se enfiando
Bem no meio do assunto?
Onde houver Luxúria, Cachaça e Grana
Alguém haverá de ser sacana!
Outras Madalenas virão
Arrependidas ou não
Outras Helenas, Ivetes e Marias
Passarão por estas ruas devassas
E serão bebidas nas taças
E serão comidas nas praças
Com sofreguidão.
Outras Madalenas virão
Outras de outros nexos
Outras Marias, Juremas, Ernestos, Joaquins
Alexias, Rogérias, Blanches e Graças
E serão bebidas nas taças
E serão comidas nas praças
Com sofreguidão

Pseudônimo: Faustino D'León

2º Ana Luiza Conceição Poema 1 A poesia anda solta 

A poesia anda solta

A poesia anda solta 
fazendo baderna 
encostada nos muros 
da beira do caís 
Discursa nas praças 
cochicha nos bares 
estampa os jornais 
A poesia anda louca 
fugindo dos poetas 
que a seguem irrequietos
Cansada do tédio 
a poesia quer ... mais!

Pseudônimo: Gaia

3º Carla De Sà Morais – Esvoaçar

Esvoaçar

Verei o mar dos meus terraços
Na chegada das noites tristes ou risonhas
Despir-me-ei em desabafos dos meus segredos
No silêncio das tempestades medonhas
Quando nuvens cinzentas conspirarão enredos
Do romance das cortinas de seda
e do vento que entra sem pedir licença
Aproveitarei esse esvoaçar
para me enrolar no teu corpo doce
Apagarei a dor da convalescença
Renunciarei aos meus cansaços
Para que o amor na noite se esboce

Pseudônimo: china

Menção honrosa
Amélia Luz – E por falar em Maria, 

Ana Luiza Conceição – Surreal 

Arahilda Gomes – Devaneio 

Soninha /Athayde – Divisão 

Jania /Souza - Quando pari-se o Poema 

Ana Luiza /almeida /ferro – os dois poemas 

Quando e o Gigante do largo dos amores
Ro Goldoni – Notas de bergamota 

Marcia Etelli – A paixão dispara o amor vibra 

Gondar – O amor

Tema Moreira – Necessariamente 

Ubiratã Soares – Matutino

Elaine Maria Goulart Nunes Monalisa

Parabéns a todos os participantes, jurados, membros da Associação Poemas à Flor da Pele, admiradores e seguidores do grupo. Nada seria possível sem a presença de cada um de vocês.

Claudete Silveira
Diretora da Associação Poemas à Flor da Pele

01 setembro 2016

11 agosto 2016

07 agosto 2016

10 ANOS POEMAS À FLOR DA PELE:


Imagens de eventos 2015/2016 (Blumenau/SC, Porto Alegre e Sapiranga/RS)


Associação Cultural Poemas à Flor da Pele: são dez anos transformando palavras em poesia, desconhecidos em amigos, encontros em eventos culturais. Uma ideia que rompeu a película do virtual e hoje é uma realidade que se faz presente em todo o país. Venha comemorar conosco esta conquista e receber sua justa homenagem. Você faz parte dessa história.” (Basilina Pereira)

​Vamos fazer a diferença no meio cultural? 
Poemas à Flor da Pele é um grupo que tem a bandeira da Poesia nas mãos, venha comemorar com a gente!

Soninha Porto
Presidente Associação Cultural Poemas à Flor da Pele



20 julho 2016

DIA DO AMIGO...

Para um amigo, para todos os amigos: Um novo sentido para o A_Deus... Meu amigo, não consegui calar-me... Palavras esvaem-se de meus pensamentos, em torrentes comandadas pelas forças de meu coração. Vim despedir-me, sabendo que é uma despedida provisória, um não estar contigo agora, apenas agora, pois só Deus sabe de nossos destinos. Vim dar-te A Deus, como se Dele não fosses, como se a Ele não retornasse, coisas de escritor, tão humano e tão falível... Vim dizer-te de minha alegria em tê-lo encontrado! E de sua constante permanência em mim, por não ter-se findado no primeiro contato! Você com seu jeito tímido e quieto permitiu com que eu me expusesse, e por detrás das máscaras que usei contigo, me sentisse vivo e creia, eu sei da sua importância, para mim, em mim, naqueles momentos que vivemos juntos, que cumprimos juntos os afazeres no metrô. Eu me escondi nas piadas, na troça, pois eu não poderia expor todas as minhas dores... Eu escondia a necessidade de ter um amigo, que me tocasse fundo no coração! Por algumas vezes falamos sério, um com o outro, lembro-me bem de uma dessas conversas que travamos... Creio que nós nos tornamos amigos, sei que somos irmãos! Saúdo a sua coragem de seguir por novos caminhos, abraço-te com alegria e emoção! Use sempre e sempre bem a sua inteligência e a sua mocidade, siga sempre em frente, e sempre com esta bondade que existe em seu coração! Lute com força e convicção pelas suas crenças, sem deixar que qualquer um te faça esmorecer! Saiba que as pessoas são muito difíceis de entender, e em principio por não entenderem a si próprias. Somos seres humanos com toques divinos! Somos assim caminhos que se cruzam, e pergunto-me vez e outra: será que temos condições de tomar a melhor escolha? Sem respostas vou seguindo, vou escrevendo! Faço aqui a citação de uma canção Portuguesa que diz: “eu te dou o que tu me dás, eu não te dou o que tu não me dás”, dito isto espero que fique claro que a nossa convivência foi como poderia ser... E estou feliz! E quero que você esteja feliz! Vá com Deus, fique com ele em todos os momentos de sua vida! Ele está contigo em todos eles! Quanto a mim por mais que a vida nos separe, e nossos caminhos nos encaminhem em diferentes destinos, a nossa amizade esta registrada em minha alma, e a memória da alma é bem forte, mais do que a de uma manada de elefantes... Aproveite os novos caminhos de sua vida, cuide-se, engorde um pouquinho, assim você ficara no ponto... No ponto certo para que as gotas de chuva não façam curvas para atingir-te em plena tempestade! Ligue para mim quando puder, minha esposa gostará de ouvi-lo também! E na internet você sabe como me encontrar! Mas creia que, se em um momento futuro você encontrar uma lembrança de mim, no fundo de sua mente ou do coração, estará confirmado: a amizade é uma riqueza imensa e quem a tem é um abençoado! Bem haja! Edvaldo Rosa WWW.sacpaixao.net 30/03/2010

18 julho 2016

Poemas à Flor da Pele 10 Anos video de Rogério Rogerr, divino!


Obrigada meu amigo!
Esperamos teu abraço em nossa festa!

Soninha Porto!

15 junho 2016

AREIAS DO TEMPO

Fale Conosco!

Nome

E-mail *

Mensagem *

 
Design by Free WordPress Themes | Bloggerized by Lasantha - Premium Blogger Themes | Macys Printable Coupons